ACHE AQUI O SEU PROFISSIONAL DE SA√öDE!
Médico Dentista Fisioterapeuta Nutricionista Fonoaudióloga Psicólogo Enfermeira Terapias Alternativas Personal Trainer Veterinário

Cadastro gratuito para os profissionais de saúde. Clique aqui.

  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer
  • Jornal Saúde e Lazer

Edição Impressa
Assine nossa newsletter:
cadastrar
Participe da nossa enquete:
Melhor região do Brasil para tirar as Férias?












votar
ver resultado


Uso excessivo de internet pode agravar transtornos mentais

13/01/2014 | Visualizações: 785
Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer
Dê a sua nota:
Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer Saude e lazer



O computador agora est√° no celular, o que significa que ficou muito mais f√°cil estar conectado √† Internet. Com toda essa comodidade, dif√≠cil mesmo √© resistir ao impulso de enviar mensagens, responder e-mails, checar as atualiza√ß√Ķes das redes sociais e interagir com os amigos. Mais do que viciado, quem fica conectado o tempo todo corre o s√©rio risco de agravar ou desenvolver algum tipo de dist√ļrbio mental. Para a psicoterapeuta e presidente do IPOM (Instituto de Pesquisa e Orienta√ß√£o da Mente), Myriam Durante, a Internet faz com que as pessoas manifestem o desejo de serem onipresentes o tempo todo. Como ningu√©m consegue ficar 24 horas no ar, pois o corpo e em especial a mente exige descanso, esse fato acaba gerando estresse, ansiedade e at√© depress√£o‚ÄĚ.

Segundo a especialista, um dos sinais de alerta quando a tecnologia est√° passando da medida √© a interrup√ß√£o do sono. ‚ÄúMuitas vezes a pessoa vive o mundo virtual de uma maneira t√£o intensa que n√£o consegue se desligar nem para dormir. Fica angustiada, com medo de perder alguma novidade, que n√£o consegue se desligar para dormir. Deixa o celular ligado ao lado da cama e fica recebendo o tempo todo os sinais de alerta das mensagens. Isso atrapalha o sono, deixando o corpo cada vez mais fadigado, sem energia, prejudicando at√© mesmo o racioc√≠nio‚ÄĚ, alerta a especialista. 

Al√©m da falta de sono, outros sintomas do v√≠cio s√£o: uso em excesso dos aparelhos, altera√ß√£o do apetite ‚ÄĒ tanto para mais quanto para menos ‚ÄĒ, perda da libido (desejo sexual) e irritabilidade. ‚ÄúO excesso de informa√ß√£o se transforma em ansiedade e pode levar √† depress√£o e √† s√≠ndrome do p√Ęnico. Quem se encaixa nesse perfil, de acordo com Myriam, deve procurar um bom terapeuta. ‚ÄúH√° v√°rias t√©cnicas que podem ser utilizadas para ajudar quem sofre de depend√™ncia tecnol√≥gica. A hipnose √© uma delas, mas dependendo da gravidade do problema, recomendo um psiquiatra para que o profissional possa indicar o tratamento com rem√©dios‚ÄĚ.

Para n√£o chegar a esse ponto extremo, a psicoterapeuta d√° algumas dicas:
- Ao chegar em casa, desligue o tablet, computador e celular.
- Evite levar trabalho para casa. Lembre-se sempre que, se você não descansar, não terá energia suficiente para enfrentar o dia seguinte.
- Procure manter uma rotina: tome banho, jante e converse com seus familiares.
- Nunca leve o celular ou o tablet para a mesa na hora das refei√ß√Ķes.
- Desligue o celular na hora de dormir. Se precisar us√°-lo como despertador, deixe-o no modo avi√£o que ele fica off-line.
- Quando perceber que excessivamente dependente da internet, pare, d√™ um tempo, pois tudo demais faz mal. Se d√™ um limite de tempo para ficar conectado e preencha seu dia com a√ß√Ķes que n√£o permitam que voc√™ fique conectado. V√° ao cinema ou fa√ßa uma caminhada e n√£o leve o celular.

Sobre Myriam Durante - www.myriamdurante.com.br


 
tags:






Comentários (0):


ANTES DE ESCREVER O SEU COMENTÁRIO, LEMBRE-SE:
Todo e qualquer comentário postado neste site é de exclusiva responsabilidade do autor. Comentários com conteúdos impróprios, obscenos ou que não tenham relação com o conteúdo serão excluídos. Dê a sua opinião com responsabilidade!
Comentários

Deixe o seu comentário:

Nome:


E-mail (não será publicado):


Mensagem:


enviar















Siga-nos nas Redes Sociais